Friday, 16 October 2009

Pois... depois de escrever este post já estou a ver a quem é que eu saio nesta coisa de ser desastrada.

Irrita-me um bocadinho o tratamento que a minha mãezinha dá ao meu carro.
Nem é a parte de o emprestar às amigas sem dizer nada, como se o meu carro fosse o carro do povo... Mas sempre que lhe mete as mãos em cima há-de sempre acontecer alguma coisa.

Ou faz daquelas acelerações estúpidas que quase que deita fogo ao carro. Ou arranca-me uma parte que segurava o rádio, porque achava que aquilo não era de lá. Ou deixa as janelas abertas e quando lá chego tem gatos lá dentro que acharam que era muito mais fixe dormir lá, do que estar cá fora ao frio. Ou arranca uma peça que segurava uma cortina. Partiu-a e não sei como é que conseguiu a proeza! Ou bate num banco de jardim ao estacionar e amassa-me uma parte da frente...

E estas coisas deixam-me possessa! E ter um bocadinho de cuidado com as minhas coisas, não?

29 comments:

Lia said...

a ultima vez que emprestei o carro à minha mae, ela ligou-me a perguntar como é que se punha a marcha-atras...preciso dizer mais?

Nadyta said...

lol... que desastrada a tua mãe :D

Bailarina said...

Realmente até eu ficava possessa!!
Bjinho*

suspiro de baunilha said...

Geralmenet são os filhos que fazem isso aos carros dos pais! ;)

L'Enfant Terrible said...

Esconde-lhe as chaves!;)

Yoga Girl said...

É REALMENTE IRRITANTE! HÁ QUE TER RESPEITO E CUIDADO ESPECIALMENTE SE AS COISAS NÃO SÃO NOSSAS... PRINCIPALMENTE UM CARRO!

Odalisca said...

Ao menos tens a quem sair... mas isso de mexerem nas nossas coisas e fazerem algo mal ´e mesmo de uma pessoa ficar possessa! :)

Korrosiva said...

Depois desta descrição, já acho uma sorte ainda teres carro

ehehhehehhe

David said...

podes sempre dizer que não encontras as chaves, logo, que ela não pode ir no teu carro lol

gatafunha said...

Por muitas outras é que o meu carro não é alvo de empréstimos senão temos a fúria à solta, ai temos temos! Até pode ter sido o Papá a pagar o carro, mas ando a esmifrar-me para devolver o € do empréstimo ao Papá, portanto haja respeitinho! ;)

Su said...

UI tava feita comigo! É que as chaves desapareciam e ela n lhe punha mais as mãos em cima!

Brown Eyes said...

Fácil, não emprestas. Acabam-se os problemas, né? Se a tua mãe trata o carro como carro do povo porque a has-de tratar como mãe? Ou emprestavas o carro a qualquer pessoa?

Myllana said...

Carro é uma coisa que não se empresta a não ser em caso de emergência.Já moro aqui em Portugal há 3 anos e poucos e meu carro ficou no Brasile minha mãe também achava que era uma viatura solidária. Conclusão: Como lá vou uma vez por ano, toda vez que vou sempre encontro qualquer coisinha que me deixa loucaaaa da vida!
Haja paciência.

Maria said...

Ainda bem que a minha mae não conduz :P

Verinha said...

Ah! Então isso é genético, estou a ver! lol

Costuma-se dizer que carros e mulheres não se emprestam porque dá mau resultado! lol

мα∂αℓєηα said...

Pois é o que nos arriscamos sempre q emprestamos o carro :(

agirlcallednanda said...

lol!é mesmo para deixar possessa! faz como eu, não emprestes!

opinião própria said...

É preciso muita paciência...

Fabi said...

Sabes como é...ser mãe dá direito a (quase) tudo =P

Sof said...

normalmente sou eu que uso o carro da minha mãe e não o contrário, por isso não tenho esse problema!

Hyndra said...

Eu tb nao tenho problemas em emprestar o meu carro. E o meu pai no outro dia confessou que se esqueceu do vidro aberto enquanto foi nao sei onde com um amigo.

Mas nao fiquei muito chateada pk uma vez o meu pai emprestou-me a Pickup dele e eu nao travei decentemente numa descida e deixei a carrinha desengatada e ela atravessou a estrada vagarosamente, para se espetar na parede da casa da frente. lololololol

_Malinha viajante said...

Odeio que mexam nas minhas coisas e o meu carro é uma delas! Só tocam nele assim quando o rei faz anos ahahah
bjs

@me@@@ said...

ha ha... a tua mãe é o máximo!!!


:-)

Galo said...

Quem sai aos seus, não degenera. eheheh
A mim ensinaram-me que carro e mulher, nunca se emprestam eheheh.
Bolas, mas a tua mãe deve ser um perigo.
Devia ser proibida não só de conduzir o teu carro, mas de conduzir, simplesmente.
E essa de emprestar o teu carro às amigas... bem, nem me passa pela cabeça.
Já agora: quem é que pagou o carro?

Beijinho

fee said...

A minha mãe não conduz o meu carro. Não gosta muito de conduzir e acho que tem medo que lhe aconteça alguma coisa, não sei. Tem uma carrinha e quando precisa usa-a, por isso não me afecta muito. Mas deve ser muito chato ter esses encontros imediatos com as azelhices da mãe!

formiga said...

Ainda bem que a minha mae nesse aspecto é muito cuidadosa!! No entanto ainda não pos as maozinhas no meu bogas novo!!!

Cat said...

Acho que tens de te impor senão isso vai acabar mal :P

japanese lollipop said...

Ao menos o meu carro, é mesmo só meu. A minha mãe tem o dela, e o meu pai o dele. O meu irmão não tem carro, mas também não tem idade para tal. Logo, tudo certo.

Sofia said...

Achava eu que era desastrada. Quem me conhece que diga, mas a verdade é que no que toca ao carro sempre tive todos os cuidados. E no meu caso é o contrário, o carro é da minha mãe.