Wednesday, 25 November 2009

Às tantas sou invisível e ninguém me disse nada!

Noutro dia no hipermercado estava a comparar determinados produtos da prateleira a tentar decidir qual deles levava quando se aproximou um casal com um carrinho de bebé.
Aparentemente estavam interessados num produto ao lado daqueles que eu comparava, por isso posicionaram-se ao meu lado.

Até aqui tudo bem, só não gostei de terem metido a porcaria do carrinho de bebé (com o bebé incluído) à frente daquilo que eu estava a ver! É que até tive de mover os pés para não me pisarem!

E ainda por cima estavam ali ao meu lado a ver que eu queria chegar à prateleira e não desviaram o raio do carrinho, que estava ali estacionado à minha frente quando havia tanto espaço à volta, porque nem sequer havia mais gente naquela secção!!

47 comments:

Suspiro said...

lol Há pessoas assim! Sem a mínima noção! ;)

Just Me...S said...

Xiiii...acontece-me tantas vezes grrrrrr!!!

Doce beijo

Barbie Boy said...

sabes há gente nesta terra com graves problemas de visão! Também já passei pelo mesmo, mas como sou um pouco mais "descarado" fiz questão de ser notado. Garanto que para a próxima este casal vai ter em olhar duas vezes antes de se aproximar de um expositor!! :)

Kika said...

Tens a certeza que não estavas a utilizar o manto da invisibilidade...? :D

Kika said...

Tens a certeza que não estavas a utilizar o manto da invisibilidade...? :D

Lia said...

e n pediste p retirar o carrinho? se n tivesse bebé eu dizia que lhe devias ter dado um encontrão, mas assim...

Isa said...

Existem pessoas sem senso nenhum do que é viver em sociedade... presencio muitas vezes cenas desse genero e às vezes não consigo ficar calada.

Mariquita said...

Odeio quando isso acontece! Foi um carrinho de bebé mas às vezes é o carrinho das compras que ainda é maior! As pessoas vão ao supermercado parecem maluquinhas, principalmente nesta altura do ano.

Diaboderoupacurta said...

Pior do que isso é eu ir com o meu carrinho de compras e uma mulher chegar-se ao pé de mim e sentar o seu bebe dentro do meu carro, para ela poder ir buscar algo que estava na prateleira lá em cima. Isto, sem me pedir autorização...

Pequenina said...

Pessoas difíceis!!!
Pensam que é tudo delas.
Beijinho

evita sai-me da mota said...

Ai opá!!
Há mesmo gentinha sem consideração nenhuma pelos outros... Aliás, há muita gente com falta de educação.
Beijocassssss

Silvia said...

Isso dá para criação de conflitos.

мα∂αℓєηα said...

Gentinha mal educada....brrrr...stressante mesmo :S

Malinha viajante said...

Típico, já me aconteceu também...

Su said...

Como é que os filhos hão de ter educação se os pais são assim!!

Eu said...

è mesmo pessoas parvas que so pensam no seu umbigo lol
jinhos

Formiguinha said...

Se calhar ainda não sabem bem como manobrar o carrinho...

Hehehe! Eu sei que sou suspeita, mas ando com um bocado de receio de essas coisas me acontecerem.

Bêjos

PS: se quiseres visitar o meu estaminé manda um mail para bloguedaformiga@hotmail.com!

Ana M. said...

há pessoas sem o minimo de consideração por ninguém.

Miss Dreams said...

Ora aí está uma situação que me acontece montes de vezes... aliás... penso q como nós, deve de haver mta gente a passar como invisivel... pq hoje em dia parece q a maior parte das pessoas só se vêm a elas proprias, "os outros q se lixem, vamos ignorá-los pq 1.º estou eu..."
Os hipermercados costumam ser o habitat natural dessa gente... desde plantarem carrinhos à frente de quem está já a ver a prateleira, a encontrões p chegar 1.º à balança, a como já te aconteceu tb, passarem à frente na fila p pagar como quem n quer a coisa...Estão a nascer como cogumelos por todo o lado: é uma nova especie chamada "bestis copmletus"

Rafeiro Perfumado said...

Era começares a tirar coisas das prateleiras e a colocá-las no carrinho do bebé. Podia ser que isso lhes chamasse a atenção.

Beijoca!

M* said...

Podias ter pedido, com delicadeza, senão podiam desviar o carrinho...
Evitando que eles não te levassem a mal, é claro :D

teiasonhos said...

Isso é falta de civismo mesmo, é do que mais se vê por aí no dia-a-dia. Eu fico passada, e em dias de mau feitio, não me calo.
Beijoca.

Neisseria Gonorrhoeae said...

É o problema de se viver num sitio onde não se conhece ninguém. Está toda a gente nas tintas para o resto do mundo. Ao menos aqui, na minha terrinha, toda a gente cumprimenta toda a gente, o que tabém e stressante.

Abrao e beijinho.

PS: Para a próxima, dá balanço ao carrinho corredor abaixo. Mas certifica-te que o bébé está seguro.

DoceSussurro said...

Grrrr
Ca nervos :s

Beijinho*

Odalisca said...

Vai na volta até és, só não te disseram pk ainda nao te viram :P
Brincadeirinha! lol

Ya ás vezes acontece-me isso, ás vezes penso que é por eu ser baixinha e então vão naquela de desprezo :P

Anjo De Cor said...

a mã educação anda por todo lado...
santa paciência :)
Bjs*

@me@@@ said...

comigo é simples e já o fiz tanta, mas tanta vez que já lhe perdi a conta... desvio o carrinho, sem dizer nem ai nem ui!

Mokas said...

isso e aquele pessoal que ATIRA o carrinho para atravessar a estrada.

Nês said...

Também detesto isso e aquelas pessoas que falam no meio do passeio e temos de as contornar passando pela estrada --'

David said...

odeio é o pessoal que deixa os carrinhos das compras no meio dos corredores e dps emos de os desviar nós se quisermos passar. nesses casos eu até ganho lanço para lhes bater com o meu carrinho

silvinha said...

Lá está, é o que digo é bébés aos molhos, grávidas às resmas, os centros comerciais, os hipermercados estão minados!!!!Que se passa com esta gente e a procriação nestes dois últimos anos!!!!!

Para a próxima tosses e espirras bem para cima deles, e dizes "É pá se calhar vou fazer o teste À gripe A!" :P


Beijos aluados!

Shakti said...

A isso eu chamo de má educação ...

bj

marco said...

devem pensar que ainda têm o direito de passagem á frente de todos...habitou se na gravidez!

ainda bem que nao te pisaram, senao tinham o burro nas couves!

Oscar Tomé said...

deverias saber que existem pessoas que se pudessem só viviam eles...detesto-as...
e não es nada invisível, eu vejo-te todos os dias no blog...

Me said...

Invisível??? Não me parece!

Os senhores têm é uma valente falta de saber estar (e uma (BOA) educação invisível... senão mesmo, ausente)!

Clube dos desgostos said...

empurravas o carrinho...ou, pronto, pedias delicadamente para afastarem o carrinho...mas que situações desse tipo enervem, lá isso enervam...

Emma

' Claudjinha said...

7 palavrinhas: es-ta-mos em por-tu-gal

the bloom girl said...

Há pessoas que não têm mínima noção.

Anira the Cat said...

há gente muito parva no mundo...

Girl in the Clouds said...

Há pessoas que pensam que o mundo gira à volta delas, depois a boa educação, é uma coisa desconhecida para alguns!!
Às vezes também me sinto invisível!!

Galo said...

Nesses casos eu entro com tudo (como o Michael Shumaker) e depois de um sonoro "com licença", empurro o que me puserem à frente.
Se eu tiver um carrinho de compras, é provável que ao mesmo tempo dê um valente "encosto" aos distraídos, de modo que eles fiquem com a certeza de que eu estou mesmo ali.
É isto e as "madames" que começam a dançar à frente do meu carrinho a ficarem com o tendão de Aquiles entalado na frente do mesmo. E dá cá umas dores do caraças, porque a minha "Pintainha" já me entalou uma vez.

avogi said...

E que tal destravar o dito cujo e po-la a andar? assim o dadi and mami iam correr...e saiam do lugar. detesto quando expiram no meu pescoço!

Brown Eyes said...

Tu não és invisivel eles é que são mal educados. Há muito disso infelizmente.

agirlcallednanda said...

há gentinha que não se toca mesmo!

japanese lollipop said...

Isso é puro egoísmo, sem dúvida.

Anuska said...

Há quem pense que os filhos e seus acessórios são armas!!

formiga said...

Há pessoas que não têm respeito nenhum pelos outros. Eu arredava o carrinho assim mesmo a frente deles. Assim para a proxima não faziam o mesmo!!