Monday, 27 April 2009

Levanta-te e anda


Quando era pequenina andava sempre com o queixo esmurrado. Andava sempre aos trambolhões, sempre tive a tendência de tropeçar em tudo, até nos meus próprios pés. A coordenação motora não era o meu forte. Acho que ainda hoje não é... Quando era pequenina já falava quase tudo e até já contava histórias, mas ainda não caminhava.
Quando finalmente comecei a caminhar, andava sempre a cair.
Quando era pequenina esmurrava sempre o queixo, os joelhos e as mãos. E depois chorava.
E a minha avó vinha com os braços abertos, pegava-me ao colo e dizia "Anda cá meu cordeirinho!"

10 comments:

Myllana said...

Mimos de vó é sempre bom :) boa semana

_Malinha viajante said...

As avós são assim, sempre com miminhos!!:))
bjs

Charlie, The Sinner said...

Deixa lá, eu comecei a andar cedo, apesar de tudo, mas também sou super descoordenada! Imagina, houve uma altura que participei em desfiles locais. E meterem-me a andar em linha recta? Ainda hoje não ando! E Educação Física foi sempre a minha pior nota, e agora conta para a média ;_;

Pronto, restam as avós para nos mimar! :)

Beijinho

malditovivant said...

Carinho de avó uma das melhores coisas q existe...

Queria voltar um pouco ao passado.

malditovivant said...

Te adicionei no meu clube de Comparsas...
Agora nossos Blogs são Parceiros

malditovivant said...

Sim vai ter uma promoção...espero q vc participe...

мα∂αℓєηα said...

As avós são todas umas queridas :))

bell said...

Um querida!

Pedro Barata said...

Típico amor de avó! :)

Cão(somente) said...

Olha... mais uma coisa em comum com a minha "pequenota" eheheh
Ainda há dias falámos nisso e ela queixava-se de andar sempre a cair.
- Todos os dias caia várias vezes e ficava irritada porque os rapazes gozavam comigo.
Por acaso também a acho um pouco descoordenada e não é muito habilidosa com as mãos eheheh. Eu passo a vida a chamar-lhe "aselha"...
Beijinho