Thursday, 16 April 2009

Irmão como eu tenho


Quando era pequenina tudo o que me davam, eu pedia também para o meu irmão. Não era justo eu comer um rebuçado e não levar também um para o meu irmão.
Quando eu era pequenina, volta e meia, andava à porrada com o meu irmão. Mas não o queria magoar, e sentia-me mal se o fizesse.
Quando eu era pequenina dava-me um aperto no peito se o meu irmão se magoasse. Se ele chorasse, eu também não conseguia conter as lágrimas. (isto ainda se passa hoje em dia)
Quando eu era pequenina, a minha mãe levava-nos para o campo onde cultivava batatas e outras coisas, mas nós não gostávamos. Íamos todo o caminho a chorar. Quando lá chegávamos já tínhamos fome e comíamos o lanche que era suposto ser para mais tarde.
Quando era pequenina adorava ir passear com o meu pai, ele levava-nos sempre a lugares novos.
Quando eu era pequenina eu e o meu irmão brincávamos com bonecas e com carros. Mas ele gostava de destruir sempre os brinquedos para ver como eram por dentro.
Quando era pequenina eu dormia com o meu irmão e tomava banho com ele, e íamos de mãos dadas para a escola.
Quando eu era pequenina, o meu irmão chamava-me "Nina".
Não imagino a minha vida sem ele!

11 comments:

Bailarina said...

Lindo... Eu não enho irmãos, mas se tivesse e me fizessem uma "declaração" destas, eu dava-lh eum abraço tão, mas tão apertado que o esborrachava!! Lindo mesmo!! 8)
Bjinho*

evita sai-me da mota said...

Sim realmente agora que somos mais velhos percebemos a falta que nos fazem... Eu dava tudo para voltar a ser criança e ser feliz com os meus irmãos...

korrosiva said...

O meu é assim que me trata, por Nina..
Fizeste-me recordar uma época perfeita na minha vida :)

beijinhoss

Myosotis said...

Gostei muito, muito do texto... o teu maninho deve estar com um ego deeeeeeeeste tamanho ;)

**Beijinhos**

malditovivant said...

Sempre fui muito ligado a minha irmã ela era mais velha e eramos muito amigos...sempre me vi ao lado dela...mas o tempo e a idade nos afastou...

Karlytus said...

oh.. q post tao querido.. gostava de ter uma mana q escreve assim..

um beijinho azul :)

coisas minhas said...

k bonito..

eu tambem tnh um mano..

mas de infancia recordacoes n guardo boas passadas com ele*

Just Me...S said...

Adorei este post.

Eu sou filha unica.

Doce beijo

'C. said...

eu sempre quis ter um irmão.. mas mais velho! eheh

Salto-Alto said...

Que história tão gira e ternurenta!

Pedro Barata said...

Infelizmente sou filho único e não conheço esse sentimento... :(