Thursday, 15 July 2010

Ou se calhar sou eu que sou uma esquisita!

Estamos a chegar a Agosto, e o que é que acontece em Agosto? Acontece que começamos a ver pseudo-franceses por tudo quanto é sítio. Digo pseudo-franceses pois eles na realidade são portugueses, só que aparentemente esqueceram-se como se fala português.

Começamos a ter mais trânsito do que o que é costume e começamos a ver carros de matrículas estrangeiras por tudo quanto é lado.

Noutro dia vi um carro de matricula francesa diferente das grandes bombas que costumo ver dos emigrantes. Era um renault clio. Mas atenção, não era um renault clio destes novos que são quase maiores que o antigo megane! Não, era um renault clio daqueles velhinhos.
Eu pergunto-me, mas quem é que faz uma viagem de França com um carro daqueles? É que aquilo não deve ser nada fixe fazer uma viagem tão grande num carrito assim!

45 comments:

Daughter of Isis said...

É por causa destas bestas que os detesto !! só estorvam no trânsito, fazem barulho nas praias, dão mau aspecto na noite.. enfim

Vera, a Loira said...

Os emigrantes que me desculpem, mas a maior parte irrita-me muito. Quando chegam não temos onde estacionar, os restaurantes estão completamente esgotados, e detesto a maneira como falam.

E sim, já começam a aparecer, mas no próximo m~es é o caos.

Leila Reis said...

à falta de melhor...

Sissamar said...

uiiii! E sem ar condicionado!!! Não conheçes aquelas dos portugueses na praia armados em estranguius? Um a gritar ao outro "Le pule, le pule, avec le pomme du terre" e o outro lá do outro lado não ouvia bem e o de cá voltava a gritar, até que desistiu e exclamou em bom português "M*** pá, trás um frango com batatas"... ficou tudo esclarecido entre os dois!

marie said...

O meu também um clio assim e é uma machine bruta! xD

Brown Eyes said...

A crise chegou a todos O.D. Beijinhos

Denise Luz said...

Oh, também não gosto nada dos pseudo-franceses. É certo que são portugueses, mas parecem que ficam com mania que são melhores.
E em Agosto parece que vejo mais carros franceses do que portugueses.

algodãozinho said...

Também me dá uma coisinha má quando vejo o tuga emigrante exibir o pseudo-poliglotismo.Depois falam português mas com uns errrrres acentuados, simplesmente ridículo!

Patty said...

Cada um faz a viagem com o que tem.
Bjocas
Patty

Fresco_e_Fofo said...

Temos de ter um pouco de compreensão. Afinal é o único mês em que eles podem dar largas à imaginação e mostrar que são gente grande.
Lá onde eles passam o resto do ano a carregar os baldes de massa e elas a lavar as escadas que não quiseram lavar cá, porque isso é trabalho de preto, não podem armar-se em alarves, ou a polícia cai-lhes logo em cima.
Na Suíça nem o aniversário dos filhos podem comemorar sem autorização e mesmo assim, se se alambazarem com o barulho, têm logo as autoridades à perna. Por isso é natural que cheguem cá a pensar que somos todos uns tolinhos, que acreditamos naquela boa vida toda.
Chato é quando vamos a França, de férias, e eles vêm logo meter conversa...

E agora diz-me lá que raio de blogueiro é que achas parecido comigo. Eheheh

L'Enfant Terrible said...

Alguém que se arrisca a ficar apeado a meio do caminho!

Last Angel said...

Não digas essas coisas, nem todos são assim. Eu tenho os meus ''francesinhos'' como lhes chamo e não falam francês quando estão cá. Não têm a mania que são melhores do que nós e têm todo o direito de virem cá, é o país deles. E lembra-te que um dia também podes ser emigrante e não vais gostar que te tratem assim. Beijinhos.

Marta said...

É por viajar em carripanas dessas que eles juntam as fortunas. Mais do que isso gosto de ver a meia com a sandália...isso é que é!

Girl in the Clouds said...

Aqui oelas minhas bandas não se nota esse movimento, agosto até é um mesmo santo no que diz respeito a otrânsito!!

Anira the Cat said...

Bem, pelos vistos chegou cá, né?

Bjokas

Doce said...

Não deve mesmo.

Olhos Dourados said...

Last Angel,
Eu falo por experiência própria, os que vejo são assim, mas também admito que os que vêm da Suíça não têm tanta mania como os que vêm da França, não sei porquê!
E sim, já estive no estrangeiro e quando voltava não fazia figurinhas! (mas também não estive na Suíça nem na França). Mas pronto, não os estava a tratar mal, apenas estava a contar aquilo que vejo!

R* said...

Eu trabalho numa loja e já sinto a invasão! =)

cacau said...

eu é que não gostava de fazer essa longa viagem num boguinhas desses :o

Queen of Hearts said...

A mim também me irrita o "esquecimento" da língua materna, quando se alguém faz algum comentário, é logo respondido "estou na minha terra, isto é uma democracia, faço o que quiser porque estou na minha terra e não vou ser discriminado". Or something like that...

Sissy said...

Não és esquisita... apenas, vês as coisas como elas são... ;)

Beijo****

Trequita said...

Aquilo é uma máquina e até tem ar condicionado à la fenêtre ;)

Antonio Branco said...

cada um tem o que pode ter... eu há 20 anos fiz férias pela Europa com um Ibiza 900cc (sem ar condicionado)... e ainda cá estou...
...e o pessoal que migrou para França não o fez por gosto mas por necessidade. alguns são broncos? sim... mas os que por cá andam são melhores? não me parece...
não sou emigrante nem tenho familiares directos que o sejam. mas não vejo problema nenhum em sair daqui (muito pelo contrário) e a voltar cá, se me apetecesse, voltaria no que tivesse na altura... preferencialmente nos carros que tenho hoje. mas se fosse um Clio... olha... paciência.
Bjkas.

Fresco_e_Fofo said...

Tás doida, menina... eu lá tenho crista de Galo? Eheheh

BS of Life said...

LOL
Quem não tem cão, caça com gato!

Ju said...

Também acho irritante a maneira como eles falam. Depois vai a familía inteira em excursão ao hipermercado, e uma pessoa que vai com pressa tem que andar a tropeçar nos turistas. Lol

Houve uma frase que eu ouvi e associo sempre aos nossos emigrantes franceses.
"Tu vas tombé, Antoine, ai vais, vais!!!" Lol


Ah, e tenho familiares emigrados na França. Lool

Nadyta said...

O meu carrinho é igual a esse e não está nada mal sim? :P

Mas pronto a crise chega a todos e já lá vai o tempo em que os emigrantes alugavam brutais máquinas só pra se mostrarem cá na província :P

Niki said...

Até admira virem com esse carro porque a maior parte vem em Agosto mostrar as grandes máquinas e a suposta fortuna que fizeram e depois anda o resto do ano a passar mal!

Olhos Dourados said...

Oh meus amigos, há pessoal que me confunde!

Mas eu lá tenho alguma coisa contra quem está no estrangeiro e vem passar férias ao seu país Natal, que é Portugal? (caraças, até rimei! lol) Eu disse isso? Não! É que contra mim estaria a falar, que também já lá estive!

Apenas me faz confusão fazer uma viagem tão grande num carro desses, mas pronto, cada um tem o que tem.
O que me irrita mesmo é virem para cá armarem-se em bons e só falam francês, porque lá é que é bom e nós é que somos uns atrasadinhos! Agora o resto, quercásaber! Até podem andar com sandálias e meias brancas, que a mim é igual ao litro.

(Não generalizo, porque conheço pessoas que estão lá e não são assim.)

Caia said...

Só tenho pena da quantidade de imigrantes que morrem por ano nas estradas...

Anuska said...

Prova de que o carro é bom ;-) hehe

Nês said...

Ai jasus até me dá um fanico só de pensar numa viajem dessas num carro assim. Já fiz viagens da Suíça para cá num carrito um bocado melhor e já custava :S

Didá said...

Lá vêm os Jean Pierres todos!!

Nokas* said...

Eu acho um piadão (ou não) àqueles portugueses que se põem na esplanada a falar francês quando de facto a nacionalidade deles é a portuguesa. Acho uma tristeza sinceramente!

a strange girl said...

e qtos não alugam carros bons para virem de férias e fingirem que estão bem na vida!!

Rosa Carioca said...

O que me irrita mais do que os pseudo-franceses, são os emigrantes que "reformam-se" e voltam para a "santa terrinha" e vivem, permanentemente, a falar que nada aqui presta, que "lá" é que era melhor... Nesses momentos, só respondo uma coisa: "E por quê não ficou por lá?"

Swadharma said...

Então não se faz?
Há 20 anos fui a França com os meus pais e, tomara eu, ter sido num Clio desses. Eheheheh =P
*

Copas said...

Ninguém faz uma viagens dessas com um carro desses! É perigoso. Já fiz a viagem França-Portugal de carro, num como deve ser, pois claro, e não é nada agradável,

Aposto que tinham p clio na garagem de Portugal para desenrascar.

Bunny said...

São raras as excepçoes. Por aqueles que conheço e vejo todos os emigrantes se notam ...ou pela maneira de vestir, ou pela cor dos cabelos, ou pelo gosto quem têm em mostrar que têm dinheiro...ou não..lol Dos que conheço os que são mais vistosos e «pirosos» até são os franceses e alguns suiços. safam-se os ingleses e os alemaes...lol

Me said...

Tenho pena dos passageiros... não deve ter sido uma viagem nada fácil!

Me said...

E agora que li os comentários, tenho a dizer que não gostei do que li.

Pessoas a criticarem o modo de falar de outras quando elas próprias escrevem "na França"! E já agora "no Pombal" também, não?

Atentem a vocês mesmos antes de criticarem outros!

E sim, tenho família em França, tal como a maioria dos portugueses tem familiares fora do país!

Sinceramente não entendi os comentários, dado que o post bem disposto que a Olhos Dourados deixou, em nada se relacionava como o que depois se escreveu em comentários!

мα∂αℓєηα said...

Não gostei nada de certos comentários a este post.....acho q há pessoas q lêem na diagonal....não percebo :S

Quanto ao "carrito".....parece q a crise chegou para todos....não sei como aguentaram a viajam :P

' Claudjinha said...

credo, vocês são mesmo maus (nos comentários)... já pensaram que se calhar a pessoa não tem hipóteses de ter um carro melhor, xpto e topo de gama? e daí, não merece ter filas? god... =P

alexandra said...

Enfim.... post e comentários tristes. Até parece que vocês têm um Bentley feito exclusivamente para uma minoria. Vai na volta andam de transporte público e nunca sairam da cidadezinha. Cada um chega aos sítios como pode. É o que se tem, e? Alguns têm a mania, é certo... agora a cena do carro, é triste pensamento.

Em parte é por isso que o País está como está. Mania das grandezas até as viagens compram a crédito.

Olhos Dourados said...

alexandra, querida, não me conheces, e dou-te o desconto por isso, mas olha que eu não estava a gozar com quem tem carros pequenos! Está implícito no meu pensamento que é preciso ter uma grande força de vontade para conseguir fazer uma viagem tão grande num carro destes!