Monday, 22 March 2010

Às vezes penso que ela devia estar na casa-de-banho quando Deus distribuiu a inteligência.

Quando andava na escola primária havia uma menina que era conhecida por ser burra e estúpida. Mas ela não tinha culpa de ter nascido assim (só tinha culpa de roubar os colegas, mas isso são outras histórias).

À medida que os anos foram passando, fomos desenvolvendo certas capacidades. Mas ela continuava burra e estúpida. As únicas capacidades que me pareciam que ela tinha desenvolvido foram as de fumar, fugir de casa, engravidar e ter de voltar para casa, e atirar-se a quantos gajos conhecia.

Com o 9º ano tornou-se difícil arranjar emprego. Conseguiu numa fábrica. Mas era tão preguiçosa que foi despedida. Os pais foram lá pedir desculpas e a fábrica deu-lhe nova oportunidade. Aliás, várias oportunidades. Passou por todos os sectores, e não fazia nenhum. Acabou por voltar a ser despedida quando foi apanhada no marmelanço com outro operário em horário de expediente.

Continuou a concorrer para vários empregos, mas com aquela fama, ninguém lhe dá emprego. No último resultado do último concurso, como seria de esperar, não entrou. Quando a mãe viu, disse-lhe à frente de toda a gente: Vês, nem para arranjar emprego serves, tu não te sabes chorar!!

A rapariga até pode ser um desastre, mas também escusava de lhe dizer aquilo assim na rua. Quer dizer que para a mãe o que interessa não são as capacidades de trabalho de uma pessoa, mas sim as capacidades de se saber chorar.

35 comments:

Rita said...

Céus!... Simpática, essa Mamãzinha...

Diaboderoupacurta said...

Essas histórias são sempre complicadas...=/

Cinderela said...

Ninguém merece uma mãe assim...

Purple said...

Provavelmente os maus hábitos ou falta de orientação da filha não são fruto do acaso.
Com uma mãe assim...

Beiju

Girl in the Clouds said...

Que história...vidas complicadas, mas também não é preciso ser falado no meio da rua, é um facto!!

Just Me...S said...

lol...coitada com uma mãe assim, o que é que esperavas? lol

Beijoca doce

Lee said...

Não acredito que uma mãe assim tenha ensinado quaisquer valores morais e/ou sociais á filha!

No entanto, embora considere que o ambiente familiar em que uma pessoa cresce seja um facto da maior importância, também acho que o mesmo não poderá servir de desculpa para todas as asneiras cometidas ao longo da vida.

Bjinhosss

dannó said...

:(

Lia said...

sai à mãe...

мα∂αℓєηα said...

Com uma mãe q é capaz de lhe dizer coisas dessas, não me admira nada do q ela tem sido e tem feito até agora.... :P

docinho said...

Ehehe, também conheço umas desse género. Oh God!

Espada said...

Deve ser mesmo burra!!! Nem chorar sabe!!!
LOLOL
O amor de mãe é lindo!!!

Anjo De Cor said...

coitada da miuda.....(

Lu! said...

OMG!!

Com uma mãe assim não se podia esperar muito da rapariga...

Beijinhos

Brown Eyes said...

O.D. ela não arranja emprego? Para admirar, com as capacidades que tem. :) Os homens são, normalmente, os admiradores dessas trabalhadoras.
Beijinhos

Jo said...

Assim com tantas capacidades a miúda tinha que sair a alguém :P

Verinha said...

Com uma mãe assim...

Pinkk Candy said...

"tu não te sabes chorar" ?! que português é esse??? aqui diz-se "tu não sabes chorar" =O

aprendereorganizar said...

Com uma mãe assim a míuda não poderia estar muito melhor....
Beijinhos
Catarina

Cat said...

Histórias complicadas... :X

LBJ said...

Há um velho ditado popular que diz que quem não chora não mama e sempre ouvi falar da velha sabedoria popular o que neste caso levanta uma série de contra censos interessantes... :)

Pepper said...

Da para ver de onde herdou a postura com que encara a vida. E se depois não se tem força de vontade para mudar...

Patty said...

Que bela educação que ela teve, não me admira que ela seja assim.
Bjocas
Patty

Hyndra said...

Talvez não seja à toa que ela é assim. O exemplo tem que partir de casa também e a maior parte das vezes a culpa é de uma má educação, ou mesmo do facto dos pais a desvalorizarem desde pequena, o que contribui para ela pensar que não é capaz, que não gosta ou não consegue e que nem vale a pena melhorar porque sempre lhe disseram que é um "O" à esquerda.

-Reparei agora que este comentário foi em homenagem ao Saramago... sem pontos finais-

Cat said...

Com uma mãe assim não admira que não vá longe...

AVOGI said...

Por algum motivo sa miúda era burra. São o genes altamente transmissíveis. Afinal ela saía à mãe que era talvez mais burra que afilha. kis

Shakti said...

:(

PsiPages said...

Que história...

Di said...

Quem sai aos seus...

D* said...

A mãe se calhar também tem muita culpa...

Alex Page said...

eu nem sou capaz de dizer nada a isto... realmente...

Fresco_e_Fofo said...

Muitas vezes os problemas revelados pelos jovens, têm a sua génese no seio de famílias descompensadas.
A avaliar pela mãe, até que a moça nem sai muito má.
Sabe abrir as pernas e tudo...
Chama-se a isto pobreza de espírito.

' Claudjinha said...

e bem-vinda a Portugal.

Rita Moura said...

Eu acredito que os filhos são sempre os espelhos dos pais ou da educação que estes lhes dão... portanto não me admira o comportamento da mãe ; ) ***

Leila Reis said...

Coitada da rapariga. Se ainda tivesse pais que a apoiassem e a protegessem, talvez isso corresse melhor.