Monday, 10 January 2011

Três dias demoram a passar para caraças!

Desde os meus 18 anos que tenho carro. Primeiro um do meu pai, que espatifei num acidente há uns dois ou três anos, e depois outro melhorzito que comprei. Precisava dele para ir para a universidade e mais tarde para ir trabalhar, uma vez que não há transportes públicos que passem aqui. Portanto desde os meus 18 anos que não sei o que é estar isolada. Vivo num meio pequeno mas com o meu carrito, em menos de nada, estou no centro da cidade.

E o que é que sucede? Sucede que eu sou uma mãos largas. Sou tão fofa, tão fofa, que emprestei o meu carro durante três dias ao meu tio que veio visitar a família. E agora estou aqui a sentir-me presa, isolada do mundo...

27 comments:

L'Enfant Terrible said...

É daquelas momentos altruístas que nos sabem um bocado mal!

Panda said...

Se tivesses de o deixar no mecânico era pior pensa assim :/ eu também já não sei viver sem ele apesar de detestar conduzir.

Fresco_e_Fofo said...

Sempre me ensinaram que o carro e a mulher não se emprestam a ninguém.
Quem quiser cu tremido, que abra os cordões à bolsa.
Ainda para mais se moras atrás do sol posto, tás lixada eheheh.

*C*inderela said...

um carro faz sempre muita falta sobretudo quando há poucos transportes

Nokas said...

Fazes umas caminhadas :)

Su said...

eish :S
é complicado!Mas vais ver que passa depressa! ;)

... eu também já não me vejo sem carro...

Beijinho*

Fatinha said...

Se vivesses em lisboa irias agradecer por não ter carro...mas deixa lá foi uma boa acção da tua parte!

Nokas* said...

Pensa que são três dias e que vão passar bem rápido!

Bloguótico said...

"OK TeleSeguro, fala o Bloguótico!"

...

"Uma chamada para o tio para devolver já o carro?!!"

...

"Com certeza!"

P.S.: Que foi isto?! O.o

Marta said...

Como te compreendo! Eu sou viciada no meu carrinho ;)

*Sininho* said...

É daquelas coisas que depois de fazerem parte do quotidiano custam a desabituar (ainda que seja por 3 dias...)

omundodeassimassim said...

Isso é complicado...me deixa louca!

Bailarina said...

ui Que medo!!

Belinha said...

Como te entendo! eu moro numa aldeiazita e n há cá praticamente nada para onde uma pessoa possa ir. assim com o meu carrinho é uma alegria! vou passear até viseu que sp anima:D

teorianasnuvens said...

LOLLLL...vá, passa num instante. ;)
Eu só tive depois que terminei a faculdade..

BS of Life said...

Xi, mimada!
Mas entendo-te!

bymiminhos said...

lol a parte gira é q qdo n tinhamos carro conseguiamos fazer tudo à mesma...nunca deixamos de passear por causa disso...e depois quando temos carro ficamos mega viciadas e nem compreendemos como viviamos sem ele...lolol eu sou igual!!! eheheheh esta quase quase e não te esqueças que fizeste uma boa acção!

Sarokas said...

acredito!
espero que passem rapido os 3 dias!

EK said...

Carro não se empresta menina!

ADEK said...

O meu está quase sempre parado na garagem:/

Green said...

pensa que ele está só a usá-lo por uns dias, e que brevemente vais tê-lo de volta.

pipi das meias altas said...

usa o autocarro

Anjo De Cor said...

é verdade, ficamos um pouco dependentes das nossas coisas, rotinas e quando algo falta sentismo logo imensa falta tb sinto isso quando o meu carro da-lhe a tosse...
Beijinhos*

O Momento Perfeito said...

Mas que grande mãos largas que tu és, xiça.. *

Sofia said...

Puxa...foi preciso ter coragem, eu acho que não me conseguiria separar do meu carro!
Beijinhos,
Sofia

guida said...

Acredito! Foi simpático da tua parte :)

мα∂αℓ૯ηα said...

hummmm....eu não sou capaz de emprestar o meu carro a ninguém :S